Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Novembro 2019 nº72 Ano XVI
Graffiter português
Sérgio Odeith pinta mural na Igreja Matriz

igreja_odeith.JPGSérgio Odeith, um dos graffiters portugueses mais importantes, com obras no Meeting of Styles, na Alemanha, Museum of Public Art, em Louisiana, nos EUA, ou o MuBE - Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo, Brasil, acaba de pintar um mural com a imagem da Padroeira de Oleiros, numa das fachadas da Igreja Matriz de Oleiros.
Esta intervenção surge integrada no projeto "Arte à Porta", dinamizado pelo Município de Oleiros, que deu nova vida a mais de 30 portas de edifícios devolutos e não só, proporcionando um autêntico roteiro pelas ruas do centro da Vila.
Sérgio Odeith pintou na fachada posterior da Igreja Matriz de Oleiros, uma tela com cerca de 8 metros de altura e 5 de largura. Os trabalhos duraram cinco dias e Sérgio Odeith retrata a Padroeira de Oleiros - Nossa Senhora da Conceição - de uma forma diferente, criando impacto visual para quem passa na circular externa, e para quem usufrui do espaço envolvente da Igreja, que é também um excelente miradouro.
Para a realização deste trabalho, o artista baseou-se na figura original de Nossa Senhora da Conceição que está no interior da própria Igreja, recorrendo também para inspiração à grandiosidade do interior deste monumento.
Recorde-se que a Igreja Matriz é um dos edifícios de cariz religioso mais emblemáticos da Vila, onde os Oleirenses têm vindo, geração após geração manifestar a sua devoção, contudo, o exterior simples não faz adivinhar a sua imponência e riqueza interior. Com esta intervenção, a Igreja ganha destaque prestando tributo à padroeira que tanto significado tem para os Oleirenses.
Sérgio Odeith tem no seu currículo trabalho para empresas nacionais e internacionais conhecidas, como a Coca-Cola, a Samsung, e também a London Shell. Além destas, colaborou ainda com a Câmara Municipal de Lisboa e de Oeiras, locais onde fez vários murais. Após a conclusão do trabalho em Oleiros, deslocou-se para a Suíça e posteriormente para a Austrália onde estará durante vários dias em trabalho.