Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Dezembro 2020 nº77 Ano XVI
Para caminhar e observar
Percurso do religioso

religioso.jpgO concelho de Oleiros está a apostar num percurso que pretende promover o património religioso, destacando-se 8 capelas e 2 igrejas repletas de história e tradições.
Em nota enviada ao Oleiros Magazine a autarquia explica que "através deste percurso circular (com cerca de 6.5km) que tem início no Memorial do Padre António de Andrade (em frente à Câmara Municipal), pode ficar a conhecer um espólio riquíssimo.
O percurso permite a visita aos seguintes espaços:
Capela do Espírito Santo -
É dos templos mais antigos da Vila e aparece referenciado em registos de 1639.
Capela de São Sebastião - No interior pode observar-se o elegante retábulo do altar, marmoreado em tons de verde, no qual se destaca a imagem de
S. Sebastião.
Capela de Santa Margarida - Nas suas imediações realizam-se anualmente as festas da Vila, em louvor de Santa Margarida, cuja celebração estará na origem do feriado Municipal.
Capela de Santo António - Nesta encontra as imagens do seu padroeiro (na sua versão recente e antiga) e de São Bernardino.
Capela de Nossa Senhora das Candeias - Foi mandada construir pela Família Torres, de cuja genealogia fazem parte fidalgos da Casa Real, tendo residido em Oleiros até finais do século XVIII.
Capela de Nossa Senhora Mãe dos Homens - Está classificada pelo seu Valor Concelhio, tendo sido edificada com a
casa contígua em meados do século XVIII, pelo Capitão de Milícias Manuel Pereira Costa.
Igreja da Misericórdia (na fotografia) - É considerada Imóvel de Interesse Público e foi construída no século XVI.
Capela do Senhor dos Passos - Nesta encontram-se as imagens em tamanho natural de São João Evangelista, de Nossa Senhora da Soledade, do Senhor dos Passos e do Senhor Morto, que saem do local na Procissão dos Passos e na Semana Santa.
Igreja Matriz - É considerada a "Joia da Coroa", classificada como Imóvel de Interesse Público, é dedicada a Nossa Senhora da Conceição.
Capela de Nossa Senhora de Guadalupe - Foi edificada em meados do século XVIII, por ocasião da nova forma dada ao edifício onde se insere, hoje conhecido como Solar dos Viscondes.