Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Agosto 2021 nº79 Ano XVII
Estreito: Lapacheiro com 90 anos de história

LapacheiroO Lapacheiro, no Estreito, é um dos estabelecimentos comerciais mais antigos do concelho de Oleiros. Com minimercado e café, e com venda de drogaria, o Lapacheiro é agente dos Jogos Santa Casa e do Oleiros Magazine.
No dia 28 de agosto faz 90 anos, num momento que Eugénio Alves, filho de Francisco Alves, fundador da casa, quer partilhar com os seus clientes e amigos.
“Ao longo do dia iremos brindar com os clientes e amigos que quiserem aparecer. O objetivo é assinalar o aniversário cumprindo as normas da Direção Geral de Saúde, evitando aglomeração de pessoas. Por isso o aniversário decorrerá ao longo do dia”, diz, lançando o convite a todos.
Mas a história do Lapacheiro está diretamente associada a Eugénio Alves, hoje com 78 anos, e que há cinco décadas assumiu o negócio. Os primeiros tempos, ainda no tempo do seu pai, conhecido por Ti Chico do Lapacheiro, nome que substituiu a alcunha anterior de Ti Chico da Pedreira.
“Nesse tempo as crianças da escola passavam aqui, numa zona que tinha muita lama e água, e diziam que o meu pai estava a construir uma casa no lapacheiro. E assim ficou o nome, desde 1931”, explica Eugénio Alves, que recorda bem a venda, numa primeira fase, “de pirolitos, laranjadas, vinho ao copo e medronheiras. Mais tarde começámos também a vender artigos para o lar”.
A mercearia e o café vieram depois. “Já foi comigo que introduzimos o minimercado, o café e a drogaria, bem como os jogos Santa Casa e o Oleiros Magazine”, diz Eugénio Alves.
Noutros tempos a freguesia e a aldeia tinham mais gente. A demografia também tem afetado o Estreito e Eugénio Alves, que foi durante vários mandatos presidente da Junta, lamenta a desertificação. “Isto está fraco, as aldeias estão em decadência”, diz com tristeza.
No dia 28 de agosto, Eugénio Alves assinala os 90 anos de um dos mais antigos comércios do concelho, numa partilha com amigos e clientes e cumprindo as regras da Direção Geral de Saúde. Fica o convite.