Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Abril 2020 nº74 Ano XV
Medidas de apoio
IPSS, comércio e bombeiros isentos de pagar água
69.jpgA Câmara de Oleiros decidiu isentar do pagamento de abastecimento de água e saneamento o comércio ou indústria (onde se incluem os cafés, restaurantes, alojamentos locais, hotéis, bares, lojas, empresas, entre outros) e as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, bem como a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oleiros.
A medida, anunciada pela autarquia e confirmada ao Oleiros Magazine, diz respeito às fatura de março, abril e maio deste ano. Esta decisão faz parte de "um conjunto de medidas que permitem proteger os setores económicos mais vulneráveis no atual contexto de Estado de Emergência. Estas medidas pretendem amortecer aquele que será o impacto económico expectável, considerando que as atividades ligadas ao comércio, serviços e turismo estão já a atravessar uma fase difícil", refere o Município em comunicado.
Segundo a mesma nota, "com consciência de que todo o país, todas as famílias e empresas irão ser impactados de forma negativa, procuramos desta forma minimizar humildemente os prejuízos decorrentes de um fator que nenhum de nós controla, mas que pretendemos que afete o mínimo possível o seio da economia familiar e empresarial do concelho de Oleiros". 
Para além da isenção aqueles setores económicos e de proteção social e civil, a autarquia aprovou ainda uma outra medida mais genérica que abrange toda a população do concelho e que passa por adiar todos "os pagamentos a efetuar a favor do Município de Oleiros (por exemplo, taxas, faturas de água etc.), que tenham como prazo limite a data do mês de março, os quais poderão ser liquidados, sem juros, até ao dia 30 de junho de 2020".