Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Novembro 2019 nº72 Ano XVI
Taça de Portugal
Vitória de Setúbal afasta Águias do Moradal em jogo de televisão e da Taça

setubal1.jpgA equipa do Águias do Moradal foi afastada da Taça de Portugal ante o primodivisionário Vitória de Setúbal, depois de perder por 5-0, no passado dia 20 de outubro, no Estreito. O encontro que teve honras de transmissão televisiva no Canal 11 (a televisão da Federação Portuguesa de Futebol), contou com muito público no Campo do Ventoso, onde a Câmara de Oleiros instalou uma bancada suplementar e estruturas que permitiram a transmissão televisiva.
O encontro não começou da melhor forma para o Estreito, que aos 32 segundos de jogo sofreu o seu primeiro golo, por intermédio de Ghilas, o qual aos 4 minutos fez o segundo tento.
A equipa da casa entrou, por isso, a perder num desafio que já era difícil e onde o Vitória de Setúbal se apresentou de uma forma muito competente. Aliás, o treinador do Águias do Moradal, João Mateus, reconheceu isso mesmo na entrevista no final do jogo, onde sublinhou o facto dos jogadores forasteiros "fazerem pressão dois a três segundos antes daquilo que os meus jogadores estão habituados".
E foi essa pressão que fez com que ao intervalo o Águias do Moradal já estivesse a perder por 4-0, com Carlinhos (14') e novamente Ghilas (43') a apontarem os golos. No segundo tempo, o Estreito conseguiu equilibrar um pouco mais o jogo, embora tivesse sofrido o quinto golo aos 59', por Zequinha.
Para a história fica o resultado de 5-0 favorável ao Vitória de Setúbal, mas também o facto da aldeia de Estreito ter vivido a festa da Taça de Portugal e a receção a um clube com a história do Vitória de Setúbal e de uma equipa de arbitragem da 1ª Liga, chefiada por Manuel Mota.
No final, Sandro Mendes, técnico do Vitória de Setúbal, destacou a forma como a sua equipa se apresentou no Estreito. "Entrámos fortes e os golos deram-nos tranquilidade. Vencemos, jogámos e passámos esta eliminatória com toda a justiça", referiu.

Ficha técnica:
Campo do Ventoso, no Estreito.
Árbitro: Manuel Mota, auxiliado por Nuno Eiras e Luciano Maia
Águias do Moradal: Daniel Júnior; Dani Gomes (Amaral, aos 66'), Quim Marques, Salvado, Diogo Tereso, Filipe Fernandes, Carmo (Carvão, aos 35'), Darlan, Robinho, Almeida (Andrade, aos 70') e Vitor Alex.
Treinador:  João Mateus.

Vitória de Setúbal: Milton Raphael; Mano, Artur Jorge, Bruno Pirri (João Meira, aos 45'), Nuno Pinto, Leandro Silva, Carlinhos, Éber Bessa (Chão, aos 66'), Zequinha, Sekota e Ghilas (Hachadi, aos 60').
Treinador: Sandro Mendes.
Golos de Ghilas, aos 32s, 4' e 43'; Carlinhos, aos 14' e Zequinha, aos 59'.

Disciplina: Cartão amarelo para Dani Gomes, aos 13'; e Bruno Pires, aos 27'.