Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Dezembro 2019 nº73 Ano XV
ARCO
Natan pediu para sair
IMG_6826.JPGNatan Costa solicitou, por motivos pessoais, a sua saída do cargo de treinador da equipa de futebol sénior da Associação Recreativa e Cultural de Oleiros (ARCO). O pedido foi feito no passado mês de novembro, tendo sido aceite pela direção do clube. Depois da saída do técnico, que durante 28 meses orientou o cube, David Facucho, um homem da casa e que já trabalhava com Natan Costa, assumiu as funções de treinador.
O ex-treinador da ARCO, que vinha a desenvolver um trabalho muito positivo no clube oleirense, revelou na sua página do Facebook, as razões da sua saída. "Por motivos pessoais, suspendo neste momento da minha vida, a atividade como treinador de futebol e consequentemente, termina a minha ligação à Associação Recreativa e Cultural de Oleiros (ARCO). É importante deixar bem claro que não existe qualquer atrito com pessoa alguma do clube que representei nos últimos 28 meses. Nem tão pouco esta decisão está relacionada com aspetos desportivos", começou por escrever.
Natan Costa destacou que o "sentimento de gratidão para com o clube é enorme. 28 meses não são 28 dias! Cresci como treinador. Sinto-me valorizado! Tenho também a convicção que ajudei a ARCO a cimentar a sua posição enquanto clube do panorama futebolístico nacional. Hoje, o respeito pela ARCO é diferente, uma equipa que já não entra em campo com complexos de inferioridade, que já conhece o sabor da vitória nas ilhas, o que é passar em eliminatórias da Taça e o que é vencer equipas que lutam para subir ou sobem de divisão! Os feitos desportivos sempre foram partilhados e valeram-me a distinção de melhor treinador do ano, por duas épocas consecutivas, na Gala da AFCB. Naturalmente, é um prémio coletivo. É sinal de respeito pelo que ali se faz".
Por sua vez, a direção da ARCO; também na página de Facebook oficial do clube, agradeceu "profundamente toda a sua dedicação durante 28 meses nesta casa", referindo que a saída está ligada a "fortes motivos pessoais".
Entretanto, a equipa de Oleiros está a fazer uma das melhores temporadas no Campeonato de Portugal. No último encontro antes do fecho da nossa edição, venceu o União de Santarém por 2-1. A equipa da ARCO ocupa a 3ª posição com 23 pontos, tendo a melhor defesa do campeonato, com apenas 6 golos sofridos.