Newsletter
Subscreva a nossa newsletter

Newsletter

FacebookTwitter
Jornal do Concelho de Oleiros | Directora: Daniela Silva | Periodicidade: Trimestral | Agosto 2020 nº75 Ano XVI
Outro incidente
Incendiário detido por fogo posto em Oleiros
incendio_florestal_em_andamento_211251_397.jpgUm homem de 45 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) pela suspeita de prática de fogo posto, num incêndio que deflagrou no passado dia 31 de julho no concelho de Oleiros. O anúncio da detenção foi feito, através de comunicado, no passado dia 3 de agosto.
Presente a Tribunal, ficou em prisão preventiva.
No comunicado a que o Oleiros Magazine teve acesso, a PJ refere que o suspeito "com o uso de chama direta, colocou o incêndio numa zona de pinhal, próximo de habitações e de uma área florestal considerável, num concelho já muito flagelado por incêndios florestais".
Esta detenção é feita uma semana depois de ter deflagrado um outro incêndio com grandes proporções em Oleiros (ver página 3). 
No entender da PJ, o incêndio de 31 de julho "teria tido proporções bastante mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida e muito eficaz intervenção de bombeiros. A atuação do suspeito colocou em perigo habitações e uma considerável mancha florestal, bem como a integridade física e a vida de pessoas".
Este já é o segundo detido por suspeita de fogo posto. No dia 29 de julho foi detido um homem de 64 anos, o qual ficou em prisão preventiva.